No CER/APAE, criança realiza sonho de pular amarelinha pela primeira vez

A manhã desta quarta-feira (16/10), foi de muita alegria e emoção no setor de Terapia Ocupacional Infantil do CER/APAE (Centro Especializado em Reabilitação e Oficina Ortopédica da APAE de Campo Grande/MS). A responsável pelo momento emocionante foi a paciente Ana Clara Rodrigues, de 7 anos, que realizou o sonho de pular amarelinha pela primeira vez. A menina tem paralisia cerebral e paraplegia espástica.

Para a realização do sonho, os profissionais do CER/APAE utilizaram em Ana Clara o colete FlexCorp, que são instrumentos de apoio no tratamento terapêutico dos quadros de crianças com dificuldades motoras, oferecendo suporte ao corpo, ajudando a se mover de forma mais natural e harmoniosa.

Supervisor do setor de Terapia Ocupacional do CER/APAE, Alexandre Lopes de Oliveira, conta que a terapeuta ocupacional, Thaina Ferreira, responsável pelo atendimento da menina, disse que o sonho de Ana Clara era pular amarelinha. “Tivemos a ideia de colocar nela o colete. E o resultado foi: ela muito feliz. Brincando muito. Foi muito bom acompanhar e ver a felicidade dela, tendo a satisfação e autonomia de estar realizando o movimento”.

Quem acompanhou a menina na brincadeira foi o Terapeuta Ocupacional, Lucas Ebert Possato, que fixou o colete FlexCorp nele e na paciente. “Colocamos o colete na Ana Clara, que tem pontos estratégicos para segurá-la e firmá-la, com isso, ela teve mais autonomia na hora de brincar”, explicou.

Para a mãe, Ana Raquel Rodrigues, não há palavras que possam expressar a alegria desse momento. “É um misto de alegria com satisfação ao ver os sonhos da minha filha sendo realizados. Nada, para uma mãe, é tão importante quanto a alegria de um filho”, conta emocionada.

De acordo com Ana Raquel, o CER/APAE abriu as portas para a sua família assim que descobriram a paralisia cerebral de Ana Clara. “O diagnóstico é a etapa mais difícil para um pai e uma mãe. No CER/APAE, tivemos acolhimento necessário desde o início, tendo apoio dos melhores profissionais, de pessoas que fazem a nossa vida melhor, tornando o inimaginável, possível, assim como foi hoje. Gratidão a cada um que fez esse sonho acontecer”, agradeceu.

A brincadeira realizada com Ana Clara faz parte do Projeto “A importância do Brincar”, realizado nesta semana, pelo setor de Terapia Ocupacional Infantil do CER/APAE para as crianças.

Sobre o Projeto “A importância do Brincar”

Durante toda semana estão sendo realizadas no setor de Terapia Ocupacional Infantil do CER/APAE, atividades recreativas direcionadas, com brinquedos ou brincadeiras funcionais, que resgatam a origem do brincar, com brincadeiras antigas e estímulos sensoriais. O projeto faz com que a criança brinque de forma prazerosa e criativa e sempre com motivação, para atingir os objetivos.

Brincar estimula as funções cognitivas, físicas e emocional. Desenvolve as habilidades motoras globais e finas, a inteligência, imaginação, criatividade e também estabelece regras e limites e favorece atenção, concentração e a memória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *