Junho Lilás – Mês reforça a importância do Teste do Pezinho

O Dia Nacional do Teste do Pezinho é comemorado dia 6 de junho, porém, todo o mês é dedicado a reforçar a importância da realização do teste nos recém-nascidos. A campanha “Junho Lilás” foi instaurada pela União Nacional dos Serviços de Referência em Triagem Neonatal (UNISERT) a fim de fortalecer esse importante programa. 

O Teste do Pezinho é realizado a partir da coleta de gotinhas de sangue do calcanhar do recém-nascido e o ideal é que seja feito entre o 3° e o 5° dia de vida do bebê. O teste é um conjunto de exames que detectam precocemente alterações que podem trazer sequelas graves para a criança. O exame é oferecido de graça na rede pública, nas maternidades e hospitais.

O Instituto de Pesquisas, Ensino e Diagnósticos da APAE de Campo Grande (IPED/APAE) é referência na realização da Triagem Neonatal em Mato Grosso do Sul e serve como apoio para outros laboratórios do país. Possui uma equipe multiprofissional que proporciona às crianças em que forem detectadas alterações, o tratamento e acompanhamento necessário. Essa equipe conta com Endocrinologista, Pediatra, Hematologista, Pneumologista, Assistentes Sociais, Psicólogo, Nutricionistas, Gastro-pediatra e adulto, Fisioterapeuta, Infecto-pediatra e Geneticista.

A APAE de Campo Grande faz parte do Conselho Fiscal da UNISERT, sendo representada pela Coordenadora Técnica do IPED/APAE, Josaine Palmieri.

O IPED/APAE realiza o Teste do Pezinho pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que diagnostica sete doenças: Fenilcetonúria, Hipotireoidismo Congênito, Hiperplasia Adrenal Congênita, Fibrose Cística, Toxoplasmose Congênita, Hemoglobinopatias e Deficiência da Biotinidase. E também pela rede particular ou convênios, oferecendo diversos tipos de pacotes que detectam até 50 doenças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *