No Dia do Orgulho Autista, Márcia demonstra seu amor e cuidado pela prima com Transtorno do Espectro Autista, aluna do CEDEG/APAE

Dia 18 de junho é comemorado o Dia do Orgulho Autista, data criada por pais de pessoas diagnosticadas com TEA (Transtorno do Espectro Autista) para celebrar a felicidade de pais e simpatizantes da causa, em poder sentir orgulho de seus filhos, e também, para sensibilizar a sociedade sobre o respeito a neurodiversidade e as diferenças que cada um possui.

Márcia Monteiro é prima de Jessica Ribeiro, de 15 anos, aluna do CEDEG/APAE (Centro de Educação Especial Girassol), diagnosticada com TEA grau severo F84. Ela decidiu cuidar da prima quando a menina tinha 6 anos “a Jessica passou por alguns familiares até que chegou aos meus cuidados”, explicou Márcia.

Márcia conta que conviver com uma pessoa com deficiência não é fácil, teve que abrir mão de muita coisa por ela, mas que não se arrepende, pois Jessica é a razão da sua vida. “Vivo a vida para a Jessica, ela é o meu sol, sem ela não sou nada. Ela é minha filha e vou cuidá-la e amá-la enquanto o Senhor permitir”, declarou.

Para Márcia, o que mais a entristece são os olhares das pessoas. “Algumas pessoas olham para a Jessica e falam que ela é mal-educada, ninguém sequer pergunta o que está acontecendo, crises de autismo, na sua maioria, são difíceis de controlar, principalmente em público”, disse.

Para as famílias com pessoas autistas, Márcia deixa uma mensagem de amor “ame muito seu filho ou filha, eles são presentes de Deus para nós e presente de Deus a gente aceita e ama”, enfatizou.

2 Comments to “No Dia do Orgulho Autista, Márcia demonstra seu amor e cuidado pela prima com Transtorno do Espectro Autista, aluna do CEDEG/APAE”

  1. Que lindoooooO.. orgulho de você amiga.. Deus continue abençoando sua vida e da Jéssica. #irmadeAutista.😍😘

  2. Lindoo.. muito boa reflexão, não sabia que a Jéssica era Prima da Márcia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *