Inclusão nas aulas de Educação Física: Alunos se divertem em aulas de Muay Thai e Taekwondo, oferecidas pelo CEDEG/APAE

Os alunos do Centro de Educação Especial Girassol (CEDEG/APAE), se divertem três vezes na semana com as aulas de Muay Thai e Taekwondo, oferecidas pela unidade escolar da APAE de Campo Grande.

As aulas são comandadas pela Profissional de Educação Física Elizandra Garcia, que ensina cerca de 35 alunos.

Disciplina, coragem, confiança, respeito e humildade são valores que o Muay Thai oferece, podendo ser uma poderosa ferramenta no desenvolvimento para os alunos. Mas para que isso seja colocado em prática, é preciso que haja acompanhamento minimamente individualizado. “Junto com a Terapeuta Ocupacional Marlene de Jesus, realizamos avaliações que identificam as necessidades motoras para adequarmos e respeitarmos os limites individuais de cada aluno, proporcionando sempre a superação, ajudando a melhorar as funções motoras, desenvolvendo maior equilíbrio, flexibilidade, elasticidade, evoluindo e melhorando o condicionamento”, explicou a profissional de educação física. A professora também destaca que além de ensinar os movimentos de luta, as aulas promovem saúde e bem-estar para os alunos.

A unidade escolar da APAE/CG sempre priorizou a inclusão dos alunos com deficiência na aula de educação física. A instituição tem uma ótima estrutura e oferece aula de natação, parabadminton, Muay Thai, Taekwondo, dentre outras.

Há inúmeros benefícios da prática do Muay Thai. Além de ser uma excelente atividade física que trabalha o corpo de forma funcional e integral (força, velocidade, agilidade, equilíbrio, coordenação motora, etc.), ela também é uma ótima ferramenta no combate à obesidade infantil. Promovendo um estilo de vida mais saudável, desde a prática em si até a alimentação e o devido descanso.

A luta também ensina determinação e perseverança na conquista de objetivos. Desenvolve autoconfiança e assertividade. Ensina as crianças a lidarem com estresse e situações de pressão e o autocontrole e controle de raiva. Sempre promovendo o espírito esportivo, a aceitar tanto a vitória quanto a derrota.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.