“Era como se ele estivesse segurando um troféu”, diz avó ao ver neto receber prótese personalizada do Mickey, no CER/APAE

A entrega de uma prótese personalizada com o desenho do Mickey Mouse foi a alegria do garotinho Thiago Alexandre dos Santos, de 7 anos, que vibrou e correu nos corredores do Centro Especializado em Reabilitação da APAE de Campo Grande (CER/APAE).

Sonia Maria dos Santos, avó de Thiago, contou emocionada como foi o momento.  “Era como se ele estivesse segurando um troféu. Foi indescritível. Ele ficou muito feliz e nós também ficamos felizes e emocionados”, disse.

Morador de Corumbá, Thiago tem uma malformação congênita, modificação funcional e estrutural, que em boa parte dos casos, finda na utilização de próteses ortopédicas infantis. Ela pode acontecer por diversos motivos, além de ser um dos principais agentes responsáveis pela amputação congênita, ou seja, quando a criança nasce sem um ou mais membros do corpo.

Auxiliar Técnico Ortopédico do CER/APAE, Dorival Daikon Vilalta, contou como surgiu a ideia de personalizar a prótese. “Durante o atendimento, o Thiago estava muito quieto e não respondia as minhas perguntas. Tentei fazer algumas brincadeiras para ver se ele se soltava e falava comigo, mas, sem sucesso. Provei o encaixe nele, fiz os ajustes necessários e informei que iria finalizar a prótese. Como forma de trazer alegria e levantar sua autoestima, decidi produzir uma prótese personalizada com o desenho do Mickey. No dia da entrega tive a surpresa que eu tanto esperava, o sorriso no rosto do Thiago ao ver a sua nova prótese. Foi comovente ver ele abraçando e levantando, mostrando para sua avó”, contou.

Para Daikon Vilalta foi uma sensação de dever cumprido. “Foi um trabalho feito com muito carinho, dedicação e respeito. Vi uma criança que estava muito triste e tive a intenção de dar um pouco de alegria para ela”, afirmou.

Assista ao vídeo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *